Em nossos escritórios de Longmont e Denver, Colorado, nos perguntam frequentemente como e por que a química do sangue funcional difere das leituras mais convencionais de exames de sangue. A resposta mais simples depende da avaliação dos intervalos de referência (o que é considerado baixo, alto ou normal) e de ver essas informações através da lente da pesquisa baseada em evidências que nos ajuda a analisar essas informações.

Metabolismo

Quando um paciente chega com uma queixa que pode ser considerada mais como uma "queixa metabólica", nós gostamos de examinar o trabalho de laboratório para obter um quadro completo do que pode estar acontecendo com eles. Alguns exemplos de queixas metabólicas podem ser o cansaço, a incapacidade de perder peso e . Os pacientes terão frequentemente uma ou duas queixas chave, mas frequentemente também queixas secundárias.

Por exemplo, a incapacidade de could be the principal complaint that brings a patient in to see us, but as we collect more information they may also suffer from constipation, bloating, brain fog, inability to finish tasks, or trouble falling/staying asleep at night, for instance. Patients frequently present for all kinds of different reasons, but they may all fall into what we call the “grey zone” The “gray zone” is when a patient has symptoms that continue to worsen and are on their way to a disease process, but they aren’t so far enough along to be diagnosed with a specific disease or condition.

Você sabia?

Muitos de nós estamos familiarizados com a expressão "pré-diabetes" ou "pré-diabético" - este é um excelente exemplo desta "zona cinzenta" Infelizmente, ao contrário da diabetes, muitas doenças não têm um ponto "pré" codificado, mas isso não significa que não seja possível fazer recomendações educadas antes que uma condição ou desordem realmente diagnosticável esteja presente. Na nossa clínica temos muitos pacientes que visitaram previamente vários profissionais de saúde para obter ajuda apenas para serem informados de que estão "normais" ou recebem apenas uma ou duas prescrições para lidar com os seus sintomas.

Estes pacientes continuam a sentir-se pior e só sobrevivem no dia a dia. Desanimados, eles entendem que se continuarem a esperar, o problema provavelmente vai piorar, mas pelo menos eles serão diagnosticados com algo! Quando estes pacientes acabarem por chegar ao nosso consultório (muitas vezes bastante desiludidos) prometemos-lhes que isto é uma coisa fantástica.

A razão pela qual isto é uma coisa fantástica é que estes pacientes ainda não estão longe o suficiente para serem diagnosticados com uma doença completa ou doença. Isto significa que muito menos intervenção é essencial e muitos destes pacientes podem curar por meios naturais versus o uso de fármacos. Na maioria das vezes, estas variedades de sintomas são a forma do corpo fornecer sinais precoces de que algo tem de ser tratado.

Vamos entendê-lo.

Sendo assim, permitimos constantemente que os indivíduos tenham conversas abertas com todos os seus prestadores de cuidados de saúde e que sejam honestos quando as coisas não são apropriadas ou não estão a melhorar. Nossos pacientes estão certos quando nos dizem que algo está errado, ou que não está perfeito. Você está no seu corpo o dia todo, todos os dias e sabe quando algo não está certo. Confie na sua intuição! Temos o prazer de falar sobre as nossas descobertas e recomendações juntamente com outros prestadores de cuidados de saúde numa abordagem integradora da saúde em geral e do bem-estar.

In therapy, in order to correctly diagnose and/or treat metabolic difficulties and conditions we conduct basic labs, which we’ll discuss in more detail, and examine them using evidence-based reference ranges commonly utilized in functional . Herein lies the significant difference between conventional and operational medicine: we use different amounts compared to the normal reference ranges, since standard reference ranges are based on population averages. It isn’t always useful to be compared with everybody else.

Embora todos os corpos humanos sejam colocados da mesma maneira, nem todos os corpos florescem com composições químicas adequadas para o resto do mundo! Somos todos especiais e o nosso diagnóstico deve reflectir isso! Vamos dar uma olhada em algumas das avaliações em que confiamos. Este é um teste que verifica se o sistema imunológico está funcionando bem. Também somos capazes de obter outras informações significativas a partir desta avaliação como uma deficiência de vitamina B12, ácido fólico ou ferro.

Anticorpos

Temos a capacidade de examinar padrões com os glóbulos brancos, tais como linfócitos e neutrófilos, para estabelecer se um paciente tem uma infecção aguda ou crônica. Os linfócitos são repartidos entre as células T e B. As células B produzem anticorpos de modo a atacar bactérias invasoras, vírus e toxinas, enquanto as células T destroem as próprias células do corpo que foram tomadas por vírus ou que se tornaram cancerosas. Os neutrófilos são um tipo de célula imune que se conta entre os primeiros tipos de células a ir para o local de uma doença.

Eles ajudam o sistema imunológico tanto pela ingestão de microorganismos invasores quanto pela liberação de uma enzima que mata os germes também. Isto é muito importante porque durante períodos de alta the immune system may weaken and older, latent viral infections can flare back up. A very frequent stress-reactivated viral disease is EBV (Epstein Barr Virus) a.k.a Mononucleosis.

A large percent of the population are EBV carriers, but not all old EBV infections will reactivate. While EBV is just 1 example of a virus that may reactivate, it is a excellent illustration of just how helpful a Complete Blood Count is. Another incredible mark on the CBC are Monocytes. Monocytes are a kind of white blood cell generated in the bone marrow that travels through the blood to cells in the body where they become macrophages. Macrophages surround and kill germs, ingest foreign substance and remove dead cells. Thus, Monocytes are a terrific mark in determining if a patient has inflammation in their system. Inflammation may result in chronic pain and/or inability to lose/gain weight among many of its adverse effects.

Painel metabólico

The Complete Metabolic Panel is another fantastic test in determining especially where a patient is fighting. It gives us a snapshot to the health of the internal organs. It may also tell us a great deal about the individual’s blood glucose regulation (or dysregulation). By identifying patterns on the evaluation we could hone in on resistance (this is a significant problem with hard weight loss), hypoglycemia (low blood glucose and tiredness associated with this), or hyperglycemia (elevated blood sugar resulting in diabetes). Regulating and knowing what’s happening with sugar and insulin levels is extremely important.

Food is only one thing that affects glucose (blood sugar). Stress is a massive impediment to successful glucose regulation. Glucose dysregulation may also be at play unrelated issues such as the” Energy Crash at 3pm”, waking up all night, or with dizzy spells also. We’re also able to determine kidney dysfunction. The Complete Metabolic Panel shows us early signs of kidney failure. The CMP generally covers BUN (which could rise when the body is not able to remove urea from the blood), Creatinine (a waste product of Creatine, a compound used by the muscles for energy, later filtered by the kidneys for elimination ) eGFR (a test designed to gauge the kidneys’ filtration speeds ), and BUN/Creatinine ratio. All these combine to show us a fairly complete picture of the health of the renal system.

Eletrólito

The Complete Metabolic Panel also appears at electrolyte function. This can give us insight on hydration, hydration difficulties, and adrenal function. A CMP will also supply amounts for calcium and magnesium. Many patients show magnesium deficiency. With a deficiency in calcium a patient may suffer from mood difficulties, leg cramps (at rest) and constipation. We also like to ascertain the reason for the calcium deficiency, as to fix or support it. The proteins element of the CMP results can help us determine digestive function.

We can successfully associate these amounts with symptoms. A good deal of people have problems digesting due to our . Our body sees all stressors in precisely the exact same way: whether you’re from a bear or you’re attempting to get a paper completed for a deadline, this is all stress. Since we’re constantly worried, this leads to decreased digestive function. This often leads the way to gastrointestinal ailments, gas, bloating, and undigested food particles in the feces. Utilizing a CMP we could identify early dysfunctions with the liver and liver.

Os sistemas hepáticos são significativos porque filtram todas as toxinas ambientais a que estamos expostos diariamente. Estes sistemas também ajudam a desintoxicar e converter compostos. Por exemplo, a maior parte da conversão de T4 para T3 na glândula tireóide ocorre no fígado. A saúde da tiróide é extremamente importante e frequentemente negligenciada. Mais recentemente, na prática, temos encontrado um número crescente de problemas com a vesícula biliar e podemos dar alívio aos pacientes que não precisam que a sua vesícula biliar seja removida.

Nota final

Lastly, we’re able to check at a panel of iron markers. Anemia, low iron, or hemochromatosis (high iron), are very important to identification. Where you have low iron that the individual will struggle with intense , brittle nails and hair loss. If the individual has a lot of iron it serves as an oxidant. It’s like being continuously exposed to some heavy metal. Ultimately, this can create key issues later on, or even addressed. We also run a complete thyroid panel. Running TSH or T3 isn’t sufficient enough to see the whole thyroid picture. Most patients come in and tell us that their thyroid gland is normal, yet if we look at their present labs, just a TSH was run. TSH is just one very small portion of the general thyroid picture. We see conversion issues, autoimmune thyroid, pituitary thyroid problems, and even excess estrogens creating thyroid symptoms. Functional blood chemistry is invaluable for both illness and illness treatment, but also identification and preventative maintenance. If you end up suffering needlessly in the”gray zone” we strongly suggest making an appointment with a Functional Medicine specialist.